Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

sexta-feira, 29 de março de 2013

SENHORAS E SENHORES, HOMOSSEXUALISMO É PECADO!


Há algumas coisas que os ativistas gays não gostam de ouvir. Uma delas é que sua prática é pecado. Aliás, conseguiram colocar na mente da sociedade que seu estilo de vida é normal. Não, senhoras e senhores, não é normal. É pecado e o pecado não é normal. O normal é aquilo que Deus criou e será aquilo que Ele restaurará quando destruir por fim o pecado. Tudo o mais que entrou na criação através do pecado de Adão é anormal, é contrário ao natural e normal que Deus criou.

Não estou dizendo que os homossexuais são anormais em sentido físico ou psicológico, estou dizendo que espiritualmente todos os seres humanos ficaram anormais por causa do pecado e nós todos nascemos nele, portanto, somos todos anormais. O escravo do pecado pratica muitos pecados, entre eles o da prostituição, do adultério, da bebedeira, do homossexualismo, do preconceito, da mentira, do aborto, da incredulidade e muitos outros, como diz a Bíblia.

Colocaram na mente da sociedade que discordar deles é, no mínimo preconceito e na pior das hipóteses "homofobia". Esse termo ficou até banal. Agora tudo é homofobia. Dizer que sua prática é pecaminosa é homofobia, dizer que não concorda com seu estilo de vida é homofobia, dizer que a prática homossexual não agrada a Deus é homofobia, dizer que você vai criar seus filhos para andar nos caminhos da Bíblia, inclusive ensinando-os a serem heterossexuais é homofobia, não aceitar que a "cartilha gay" entre nas escolas é homofobia e por aí vai. Daqui uns dias vai ser homofobia ser heterossexual.

A mídia é um esculacho total. Apoia e divulga BBB, a Fazenda, Gugu, Faustão e outros programas idiotas e agora se volta contra os cristãos acusando-os de homofóbicos. Já não basta a ala gay fazer isso, agora temos que suportar isso da mídia. Fico pensando se de fato a mídia apoia o ativismo gay, ou se ela só faz isso porque persegue os evangélicos. Se por um remoto acaso os evangélicos concordassem com a prática homossexual, será que a mídia apoiaria os evangélicos? Acredito que estariam contra os gays. Só para ser contra os evangélicos.

Senhoras e senhores, para nos livrar desta anormalidade, o Deus Pai enviou Seu Filho para nos mudar, para nos transformar; e isso de dentro para fora. Ele sofreu nossa humilhação, carregando os pecados dos que nEle creem na cruz do Calvário. Ele veio para nos tornar normais de novo. E isso se dá pela fé em Cristo, não há outro meio. Aos que nEle creem, é-lhes dado o Espírito Santo que nos transforma de glória em glória, nos tornando normais de novo (2Co 3.18). Podemos nos "sentir" normais com nossos pecados, achando que eles não são pecados, mas dessa forma iremos "normais" para o inferno. Não são só os homossexuais que não gostam de ouvir falar do inferno. Nenhum pecador gosta. O problema é que o inferno existe e está reservado para o diabo, seus anjos e todo aquele que persistiu em considerar que seus pecados não tinham nada a ver.

Senhoras e senhores, todo pecado é um vilipêndio contra a honra e a santidade de Deus, o homossexualismo também. Para com Deus não tem essa de preconceito. Deus não se encaixa nos nossos padrões deturpados de certo e errado. Ele tem os dEle e é por eles que seremos julgados. Os padrões de Deus estão em Sua Palavra e não há o que possamos fazer para mudá-la aos nossos caprichos. Ela é imutável. Há apenas uma coisa que devemos fazer: submetermo-nos aos Seus preceitos e obedecê-los, caso contrário, é punição mesmo, com ou sem choro.

Escrevi "homossexualismo" de propósito. Agora colocaram na cabeça da sociedade que se uma palavra termina com "ismo" é doença. É o cúmulo da ignorância! O sufixo "ismo" carrega a conotação de "ideologia", não de doença. Quando falamos em "realismo", por exemplo, estamos falando de alguma doença? Por acaso  "heroísmo" é doença? Os ateus podem fazer agora uma passeata para que não mais falem de seu "ateísmo". Poupem-me deste "pré-conceito" (conceito formado sem conhecimento)! A ideologia homossexual, suas defesas, práticas e apologias são sim "homossexualismo", assim como a ideologia que apoia algumas frentes dominantes, como "marxismo", "leninismo", "taoísmo" e outras podem terminar com "ismo" sem problema nenhum. Por acaso isso é doença?

Quero terminar dizendo que Deus ama a todas as pessoas, tanto é que Ele manda Suas bênçãos indiscriminadamente para todos. Mas para salvar, Ele só ama aqueles que creram no Seu Filho e obedecem à Sua Palavra. Não espere algo diferente de Deus daquilo que a Bíblia revela. Não faça Deus à sua imagem e semelhança. Os que creem no Seu Filho arrependem-se de seus pecados, sejam quais forem. Desde homossexualismo até qualquer outro tipo de pecado. Caso contrário é inferno mesmo!

Dia tes písteos.

Pr. Cleilson

2 comentários:

  1. Muito bom pastor.. Mas como eles dizem, não podemos mais falar de homossexualismo e sim de homossexualidade. Como se vê, o termo homossexualismo pode soar inocente e até positivo, como turismo, patriotismo, lirismo, etc. e nada se refere a doença. E o que dizer das conotações negativas de ruindade, crueldade, calamidade, orfandade...
    Bom, eles argumentam que nada disso importa, pois o que está em questão é uma luta simbólica, e tudo é preconceituoso e opressivo contra os gays,

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir