Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

terça-feira, 12 de março de 2013

NÃO VÁ O SAPATEIRO ALÉM DO CHINELO



"Não respondas ao tolo segundo a sua estultícia; para que também não te faças semelhante a ele" (Provérbios 26:4)

Por: Mário Gardini

O tema em epígrafe é um ditado londrino.

Houve em Londres, na Inglaterra, uma exposição de artes. Havia muitas pinturas, quadros lindos que impressionavam os visitantes.

Um curioso visitante aproximou-se de um quadro onde estava a pintura (por inteiro) de uma linda dama. O visitante olhou, observou e chamou uma das pessoas que cuidava daquela exposição e perguntou: “Quem pintou esse quadro?”. Disseram-lhe o nome do pintor e lhe informaram que o dono da arte, por sinal, estava no local. “Chame-o, quero falar com ele”, disse o visitante curioso.

O pintor veio e educadamente conversou com o visitante tão interessado naquela obra. Disse o visitante: “O quadro é belo, mas o senhor errou num detalhe: inverteu as fivelas das sandálias da dama”. O pintor constatou e viu o defeito. Perguntou ao nosso visitante: “Qual a sua profissão?”. “Sou sapateiro”, disse-lhe o crítico da obra. “Muito bem, vejo que o senhor entende do assunto”, respondeu o pintor, admirado com a observação do homem. O sapateiro, exitoso pelo elogio do pintor, disse: “O senhor viu o camafeu da dama? Há um defeito...”, e sem deixar o sapateiro terminar a observação, o pintor disse: "Moço, camafeu é assunto para outra pessoa. Fique na sua área. O senhor entende de sapatos. Não vá o sapateiro além do chinelo”.

Alguém me indagou sobre Jonas. Pediu para eu explicar o “milagre” de uma baleia engolir um homem. Corrigi meu amigo, pois Jonas foi engolido por um grande peixe e não por uma baleia. Então perguntei: o senhor leu o Livro de Jonas? Ele respondeu que nunca leu a Bíblia.

Às vezes nos metemos em assuntos que não fazem parte do nosso conhecimento. Damos “pitaco” no serviço alheio sem entender do assunto. É coisa muito feia esse tipo de conduta.

Quero confessar-lhes: às vezes fico no escuro em casa, pois não tenho coragem de tentar consertar um soquete ou um interruptor quebrado. Tenho colegas de minha profissão, homens que foram muito bem sucedidos no que faziam, mas morreram tentando consertar o defeito na parte elétrica da casa.

Quando não sabemos sobre algo, o melhor é ficar quieto. Já vi palpiteiros levarem projetos alheios à derrota.

Não critique o que você não conhece. Quando você não souber, não diga ao pedreiro, engenheiro, etc. o que eles devem fazer na obra. Seja humilde e quando não tiver conhecimento, pergunte e ouça com atenção.

Há muitos “teólogos” de plantão. Inquiridores, críticos e céticos que desejam colocar a obra de Deus e a Sua Palavra em “xeque”. Só “papagueiam” e jamais foram investigar na origem, à semelhança do meu amigo, inquiridor de baleia no Livro de Jonas.

Estude a Palavra de Deus, conheça-a. Mas cuidado: Bíblia não foi escrita para ser compreendida no crivo de nosso débil raciocínio e falível lógica. A Bíblia foi escrita para ser CRIDA, e Deus nos transforma pela Sua graça para entendermos os mistérios de Sua Eterna Palavra.

Mário Gardini


Mário Gardini é escritor
e colabora com artigos
no Teolatria.

2 comentários:

  1. Um dia ouvi um pastor dizer que o professor de EBD deve deter todo o conhecimento do assunto que vai ministrar, na mesma hora um irmão que estava presente e é muito humilde o repreendeu mansamente dizendo que ninguém sabe de tudo e que até mesmo o professor deve reconhecer e confessar q nao sabe responder tal questionamento, o pastor por sua vez teve que voltar atrás no que falou.A verdade é que nessa vida aprendemos algo a mais todos os dias,pois ninguém sabe de tudo!

    Wesley A.Peronica

    ResponderExcluir
  2. Verdade, ninguém sabe de tudo neste mundo e se for mesmo ao pé da letra ninguém sabe de nada. Somos dependentes de tudo e de todos, temos que ser humildes nas nossas indagações e sobretudo não perde o foco maior "DEUS"

    ResponderExcluir