Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

quarta-feira, 6 de março de 2013

MISSÃO IMPOSSÍVEL


Por: Wesley A. Peronica

Gosto muito de filmes onde o objetivo do mocinho é realizar algo que dentro da nossa realidade seria humanamente impossível. Fico extasiado quando o personagem consegue tal feito. Um exemplo disso foi o filme “O Senhor dos Anéis”, pois foi impressionante ver que o personagem principal “Frodo Bolseiro” (aquele que recebeu a incumbência de ser o portador do anel de poder e de levá-lo a região de Mordor para ser destruído), sendo frágil e nada guerreiro, enfrentou grandes aventuras e perigos de morte, conseguiu levar o anel a Mordor (lugar onde Sauron, o senhor das sombras o forjou no fogo da montanha) e o destruiu, acabando com a maldade que crescia de forma assustadora. Bem, quem assistiu a trilogia conhece a história. O fato é que os filmes, principalmente os de ficção e aventura, têm como regra apresentar algo que foge da realidade natural das coisas.

Como já disse, eu me perco no tempo quando assisto a esse tipo de filme, porém quando desligo a televisão e desloco meu olhar novamente para a realidade, vejo que aqui nesse mundo o que acontece é totalmente o oposto do que esses filmes apresentam. A verdade é que quando o homem se depara com uma situação irreversível, ele percebe o quão limitado é. Infelizmente há situações na vida que nos deixam de braços cruzados, sem nenhum poder de reação ou solução. Vemo-nos num beco sem saída. É o caso de uma doença incurável. Quando alguém se encontra nessa terrível situação, os médicos deixam bem claro para os familiares que fizeram o possível e usaram de todos os recursos disponíveis da medicina para a cura do tal paciente.

Contudo, há algo muito mais grave que uma doença incurável e que também é impossível que o homem faça algo para reverter a situação. No caso da doença, existem remédios para aliviar a dor e prolongar um pouco a vida do enfermo, no entanto, para esse problema o homem não pode fazer absolutamente NADA! Estou me referindo ao pecado. O que é pecado? Pecado, no hebraico, é “errar o alvo’’, ou seja, Deus tem um propósito de vida para cada um de nós, e quando nos desviamos desse propósito, nós pecamos”. No Éden, o homem pecou contra seu Criador e perdeu a comunhão com Ele.

Mesmo em sua condição de pecador e afastado de seu Criador, o homem sendo um ser religioso, (já que Deus colocou em cada um de nós aquilo que Louis Berkhof, na sua Teologia Sintemática chama de semen religionis, ou seja, Deus implantou a semente religiosa em cada ser humano, é por isso que todo homem, em qualquer lugar desse planeta tem uma percepção da existência de um ser superior e divino) sempre procurou estabelecer um contato com um ser divino. Esse é um dos motivos por existir tantas religiões no mundo. E o grande problema é que o homem sempre procurou alcançar o favor de Deus por meio de seus próprios recursos e méritos. Aí é que está o grave problema que mencionei. A religião nunca resolveu o problema essencial do homem, porque na verdade podemos definir a religião como um esforço do homem para chegar a Deus a partir de si mesmo, negando ou desconhecendo a obra redentora de Cristo na cruz.

O fato é que para o homem, o problema do pecado é uma missão impossível. Ele jamais poderá se livrar desse terrível fardo por meio de sua religiosidade ou moralidade. Mas graças a Deus, que na plenitude dos tempos enviou seu único Filho para cumprir essa missão humanamente impossível. Jesus Cristo veio como homem, contudo, também era Deus. Sua morte na cruz resolveu de uma vez por todas nosso estado de pecadores condenados ao inferno. Ele cumpriu a missão impossível aos homens, Ele cumpriu porque para Ele que é Homem-Deus e Deus-Homem, nada é impossível. Diante dessa verdade maravilhosa, só podemos nos prostrar em reverência ao nosso amado Redentor e Salvador Jesus Cristo.

“Miserável homem que eu sou! Quem me livrará do corpo desta morte? Graças a Deus, por Jesus Cristo nosso Senhor! De modo que eu mesmo com o entendimento sirvo à lei de Deus, mas com a carne à lei do pecado” (Rm 7.24,25).

Em Cristo,

Wesley A.Peronica

Wesley A. Peronica é
estudante de Teologia
e colaborador de artigos
no blog Teolatria.

5 comentários:

  1. Mais um artigo maravilhoso...Graças a Deus pela sua vida Wesley!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém Thais.Fico muito feliz por estar sendo benção em sua vida.Abraço!

      Wesley A.Peronica

      Excluir
  2. A Palavra proclama que os impossíveis ao homem sao possíveis a Deus. O pecado é inato e algo que já foi tratado por Deus. Tao sério que Deus nao poupou o próprio Filho. Nessa obra Divina duas coisas se destacam - O Cordeiro de Deus nasceu sem pecado. O pecado é transmitido pela semente do homem, razao porque Maria ficou grávida sem o esperma humano. Outra coisa tremenda nesta obra - Deus, ao enviar o único Filho, poderia perde-lo para sempre. A tentaçao e a cruz nao foi cena teatral e sim um fato.
    Missao impossível dos homens é um enredo fictício, mas a missao da cruz foi real e com riscos eternos, pois nao foi ficçao.
    O artigo escrito por Wesley é precioso e nos lembra que os impossíveis aos homens sao possíveis a Deus.
    Mario Gardini

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante essa colocaçao sobre o pecado ser transmitido pela semente do homem e por isso Maria ficou grávida sem o esperma humano.Aprendi mais um pouco. Obrigado por estar sendo instrumento para minha edificação e crescimento espiritual irmão Mario Gardini.

      Wesley A.Peronica.

      Excluir
  3. Louvado seja o Senhor por tão grande salvação. A Ele toda a honra e glória pelos séculos dos séculos!!!

    Wesley A.Peronica

    ResponderExcluir