Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

O LIXEIRO DE DEUS



Por: Mário Gardini

Mas ele foi ferido por causa das nossas transgressões, e moído por causa das nossas iniquidades; o castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e pelas suas pisaduras fomos sarados, Isaías 53:5.

Hoje existe uma grande preocupação com o lixo no mundo. Lixo residencial, lixo hospitalar, lixo industrial. O que fazer com tanto lixo?

São poucas as cidades que possuem uma usina de tratamento do lixo.

Sem dúvida é uma preocupação das nossas autoridades e dos ambientalistas.

Um dos maiores absorvedores de lixo que conheço é o “pacu”, uma espécie de peixe limpador de sujeira.

Contudo, quero lhe dizer: o maior lixo do mundo não é o lixo que vemos. São as nossas sujeiras produzidas pelo pecado em nós. É um lixo para o qual não há tratamento pelos mecanismos tecnológicos criados pelo homem. É um lixo invisível, mas que polui o mundo e degrada tudo o que toca.

Deus tem uma usina de tratamento do lixo do pecado. Ela foi criada há mais de dois mil anos. É a morte do Senhor no Calvário.

No dia em que Cristo morreu, Deus tratou o nosso lixo. Toda a sujeira e toda nojeira que o pecado produz em nós foram colocados em Jesus e Ele se tornou o “LIXEIRO DE DEUS”.

Nossas rabugices, intolerâncias, mentiras, ignorância, ódio, trapaças, teomanias, enfim, tudo foi catalisado por Cristo na cruz para termos liberdade e salvação desse lixo nojento e poluidor.

Um grupo de brasileiros foi visitar uma usina de tratamento de lixo nos Estados Unidos, em Saratoga. Havia um pastor que acompanhava aquele grupo. A pessoa que ciceroneava o grupo, dentro da usina, mostrava tonéis enormes, cheios de lixo, que num processo de decantação, faziam a purificação do lixo da cidade. Ali estavam todos os dejetos e tudo o que era de mais podre e nojento. No final dos tonéis, havia uma torneira. O americano que guiava aquelas pessoas pegou um copo, abriu a torneira e encheu o copo de água. O americano tomou a água e disse para os brasileiros visitantes: “querem experimentar? a água que acabei de tomar é resultado de todo o lixo da cidade de Saratoga. É zero de colo bacilo, mais límpida e pura do que as águas do Rio Hudson, que passa logo abaixo”. O pastor que estava ali pensou consigo: se o americano, tão cioso com higiene, tomou a água, vou experimentar.

Ora, se uma máquina, se a tecnologia criada pelo homem tem poder para purificar o lixo humano, imagine o sacrifício de Cristo na Cruz. Diz a Palavra Eterna: "Mas, se andarmos na luz, como ele na luz está, temos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus Cristo, seu Filho, nos purifica de todo o pecado" 1 João 1:7.

Somos pecadores e o pecado produz em nós a sua sujeira. Cristo veio para tirar o pecado e nos limpar de toda a sujeira:

No dia seguinte João viu a Jesus, que vinha para ele, e disse: Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo, João 1:29

Mário Gardini é escritor
e novo colaborador de
artigos no Teolatria

2 comentários:

  1. Nas orações, a primeira coisa que nos deveria vir à mente é agradecermos a Deus por ter nos decantado... Deus abençoe a vida do querido amigo e irmão Mário Gardini. Seus artigos têm me edificado.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom , gostei da parte da parabola , bem explicativa ''Glória a Deus!. Por essas palavras de sabedoria.

    Felipe

    ResponderExcluir