Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

ATITUDES FALAM MAIS QUE PALAVRAS


Por: Wesley A. Peronica

John Wesley afirmou certa vez que o maior problema dos cristãos é que eles não vivem o cristianismo. Apesar de essa frase ter sido dita há alguns séculos atrás, não podemos negar sua veracidade e sua realidade no contexto contemporâneo cristão no qual vivemos. É triste e doloroso constatar que muitos cristãos vivem um divórcio entre o discurso e a prática do evangelho. Falam que amam e servem a Deus, mas suas atitudes revelam o oposto. Há um antagonismo, que por si só já é lamentável, entre o que se fala e o que se vive. O discurso de muitos destoa da vivência. A boca está cheia de Deus, mais a vida revela ausência do mesmo. As palavras são belas e doces, contudo, as atitudes evidenciam um coração vazio e superficial.

Não podemos deixar de mencionar a Bíblia, posto ser ela a Palavra de Deus, infalível e inerrante. Na verdade ela deve ser a base para a nossa reflexão; todo raciocínio e pensamento devem passar pelo crivo das Santas Escrituras. Sendo assim, gostaria de evocar o texto de Tiago capítulo 1 verso 22, onde diz: “Sejam praticantes da palavra, e não apenas ouvintes, enganando-se a si mesmos” (NVI). Sabe qual é o problema da maioria de nós cristãos? O problema se chama “religiosidade”. Muitos de nós achamos que o importante é estarmos presentes no culto para ouvirmos a Palavra, fazermos nossas orações, darmos nossos dízimos e por aí vai.

Nossa vida com Deus passa então a se limitar somente a práticas de ritos religiosos e caímos no grave erro de acharmos que Deus está de fato interessado se estamos sendo frequentes aos cultos e cumprindo com nossas obrigações, mas nos esquecemos de que a vida com Deus vai muito além do templo, ela começa quando levantamos pela manhã e tem seus desdobramentos durante todo o dia e onde estivermos. Tiago estava certo quando disse que o ouvir somente sem a transformação dessa verdade na vida prática, revela-nos a verdade do autoengano, ou seja, o homem está enganando não a Deus, não aos que estão à sua volta, mas a si mesmo.

Quais são os resultados dessa vida tão somente religiosa, mas sem a presença transformadora de Deus por meio de Sua Palavra? Sem dúvida são os escândalos que diariamente presenciamos, são igrejas sendo vilipendiadas pela sociedade, que é mestre em generalizar em detrimento da parte inocente. Acredito que o mais grave fruto dessa vida desprovida da prática da Palavra sejam as poucas conversões, e isso se deve ao fato de que as pessoas lá fora estão cansadas de meros falatórios; elas não querem mais ouvir que Deus as ama, elas querem ser amadas por aqueles que dizem que amam a Deus; elas não querem mais ouvir que Deus mata a fome do faminto, elas querem uma mão estendida e que leve o alimento a elas; elas não querem mais ouvir que Deus é justiça quando há tanta desigualdade social, elas querem que nós, a igreja de Cristo, lutemos pela igualdade e pela justiça; elas não querem mais ouvir que Deus é cura enquanto nós não nos permitimos ser bálsamos de Deus para curar suas feridas. Lembremo-nos das palavras de Jesus: “Por que vocês me chamam ‘Senhor, Senhor’ e não fazem o que eu digo”? Lucas 6.46.

Você quer ter autoridade espiritual? Então viva a Palavra de Deus, deixe-se configurar por ela, torne-se a própria Palavra, seja uma carta de Cristo de forma que as pessoas ao olharem para sua vida, vejam a face do próprio Jesus, vejam a glória de Deus, vejam um discípulo que entendeu o que é realmente ser um cristão. Devemos pregar o evangelho não somente aos ouvidos, mas sobretudo aos olhos, porque no fim das contas, atitudes falam mais que palavras. Encerro com a célebre frase de São Francisco de Assis: “Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras”.

Em Cristo,

Wesley Alves Peronica

Um comentário:

  1. Texto Maravilhoso...e isso deve ser publicado para que muitos vejam...entendam e vivam como um verdadeiro cristão, discipulo de Cristo. Deus abençoe vocês!

    ResponderExcluir