Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

segunda-feira, 13 de maio de 2013

SALVOS PELO ENCARNADO


“Cristo Jesus veio ao mundo para salvar os pecadores...” 

Por: Rev. Wellington Miguel

Então, o Verbo Se fez carne. Aquele que é a Palavra veio ao mundo, ao cosmos e ao humano. Nós nos psicoadaptamos a essa verdade que, pouco a pouco, perdemos sua profunda dimensão e Graça com a qual se deu a encarnação do Verbo, Aquele por meio de Quem tudo foi feito e em Quem TUDO subsiste. Ele é Aquele de Quem se diz que, embora sendo Deus, não considerou que o ser igual a Deus era algo a que devia apegar-Se. Antes, esvaziou-Se voluntariamente, tornando-Se servo daqueles a quem amou.

Assim, decidido desde os tempos eternos, veio aos antros deste planeta, para ser um ser humano, aliás, o verdadeiro Ser Humano. Seu objetivo? Sim, Seu objetivo foi o mais sublime de todos os objetivos da vida: demonstrar o Seu AMOR. E, amor se demonstra, não se fala. Portanto, Sua singela missão era dar a Sua vida em resgate de muitos. Embora, em Sua vinda ao mundo não o fora bem recepcionado, antes, aqueles pelos quais inicialmente viera não O receberam. Mas Seu plano não estava condicionado a esses, ele já era de alcance maior e extensivo.

Por essa razão, fomos alcançados a fim de alcançar e alcançar o que era inalcançável, mas agora, possível naquele que tornou possível nEle. Alcançar o prêmio, não meritório de nossa parte, mas gracioso na Graça, o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo. 

Isto é salvar, pois aquele que precisa ser salvo, já está numa condição de real necessidade de assim 
o ser. Sim, pois, sua condição é de não reação, porque não há como reagir. Então, Ele veio ao mundo, tornando a impossibilidade na simples possibilidade em fé e amor. Ele veio, não para condenar o mundo, mas para que este fosse salvo por meio dEle. O que não crê, não será condenado, na verdade já está, pois se mantém condenado na rejeição que faz do EVANGELHO. Portanto, a manifestação a priori do Evangelho é de salvação a todos os homens – Tt 2.11 

Então, Jesus é o Evangelho, o Cristo prometido, a Rocha que não esmaga e não faz tropeçar para aqueles que creem. Ele é sabedoria de Deus. É o Deus em carne para que na Sua carne se condenasse o pecado. Exatamente, Sua encarnação fez da Sua carne o lugar da propiciação. Ali, na carne do Encarnado, tudo foi posto. Imputado foi a iniquidade de todos nós, culminando no vazamento de Seu sangue pelo qual misteriosamente somos sarados. Paradoxalmente sarados pelos ferimentos. Ele morreu a nossa morte, para que trazendo em Si a morte, a vida se renascesse nos que creem. Você, crê?

Salvos pela GRAÇA graciosa, no gracioso Filho, o Encarnado no mundo, morto, porém, ressurreto, pois, na verdade, Ele não morreu, mas voluntariamente Se deu, Se entregou à morte, não porque ela tivesse domínio sobre Ele, mas porque Ele tinha autoridade para dar a Sua vida e para retomá-la. Ninguém tirou a Sua vida, pois quem tiraria a vida do Autor da vida? Ele a deu em amor e a retomou, simplesmente porque é o Autor. Ele a deu para condenação e destruição do pecado, mas retomou para nossa justificação, vida e liberdade.
Cristo Jesus veio ao mundo e virá outra vez... 

Em Cristo,

Wellington Miguel

2 comentários:

  1. Muito bom falar sobre isso Rev. Wellington Miguel, Deus abençoe sua vida. Eu penso que a base do Cristianismo é o amor, mas, um amor que não se limita a tempo, posição, raça. Fala-se muito no amor, em amar, o que temos visto é total falta de entendimento dele. Jesus é a prova maior de amor. A grande indagação da humanidade é: "Será que consigo amar como Jesus?". Não podemos escolher amar somente aqueles que tenham fatores incomum, imagine amar à Pedro, (Brigão) Tomé (critico) Judas (Traidor) Paulo entre outros. Sim! Jesus disse: "Farão obras maiores do que as minhas" João 14:12. Etão podemos e devemos amar como Jesus amou. Pense o que seria do evangelho nos dias de hoje sem coragem de Pedro? O amor de Jesus não é mensurável, palpável, dissecado. É algo feito para mergulhar nele.

    ResponderExcluir
  2. Somos salvos Nele, por Ele e para Ele.Louvado seja o Senhor por tão grande amor que foi demonstrado naquela rude cruz!

    Wesley A.Peronica

    ResponderExcluir