Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

sexta-feira, 19 de agosto de 2011

SINAIS LEVAM A CRER?


"Estando Ele em Jerusalém, durante a Festa da Páscoa, muitos, vendo os sinais que Ele fazia, creram no Seu nome; mas o próprio Jesus não Se confiava a eles, porque os conhecia a todos. E não precisava de que alguém Lhe desse testemunho a respeito do homem, porque Ele mesmo sabia o que era a natureza humana". (João 2.23-25).

Diante de tanta ênfase dada aos sinais e milagres hoje em dia no meio evangélico surge a pergunta: será que tais sinais levam as pessoas a crer? Se sim, sua fé é perseverante? Digamos sim a estas perguntas. O problema nem está nos sinais e milagres, mas na importância que se dá a eles. Quando um milagre acontece e uma pessoa crê por meio dele deve ser dito a tal pessoa sobre Aquele que operou o milagre e Sua grande obra realizada na cruz para a salvação da alma do indivíduo. Nesse caso se tornará claro se essa pessoa seguirá a Jesus ou não. Algumas ficam maravilhadas com Jesus e O seguem. Outras (quase maioria) não querem saber dEle e vão embora, já que receberam o que precisavam. Que o digam os 9 leprosos...

Entretanto, o que nós encontramos em nossos dias são pessoas dando ênfase à cura, aos milagres, aos sinais e maravilhas, se esquecendo de Jesus. Não estou dizendo que tais pessoas não falem sobre Jesus. O que digo é que aquilo que falam sobre Jesus é, no mínimo, incompleto, quando não mentem. Não falam sobre quem Ele é, apenas sobre o que Ele faz. Reduzem Jesus a um simples operador de milagres para ver se alcançam mais seguidores. Deixam os sinais como um fim e não como um meio, o que na verdade são. Levam multidões à busca dos milagres e não à busca de Cristo.

Alguns continuam seguindo a Cristo, mas a pergunta surge de novo: seguem-nO para obter novos milagres? Se Ele nunca mais realizar um milagre em seu favor, continuarão a Lhe seguir?

O interessante é que nesse texto de João 2.23-25, apesar de muitos crerem no Seu nome, Jesus não Se confiava a eles. Podem até crer, mas está na cara que não vão seguir. Os milagres podem servir para auxiliar a fé de alguém, mas não quer dizer que todos crerão por causa dos milagres. Outro exemplo disso está no capítulo 6 de João. Jesus havia acabado de multiplicar os pães para aquela multidão, e no outro dia, ao seguirem Jesus pela orla do mar, ao encontrarem-nO, Lhe perguntaram: "Que sinais Tu fazes para que creiamos em Ti?" (v.30). É mole? Jesus tinha enchido a pança daquele povo no dia anterior e eles estavam atrás de novos sinais... Incrível como a curiosidade humana é insaciável! Faraó é um bom exemplo de como os ateus não se converteriam, mesmo se Deus começasse a operar um milagre atrás do outro.

Aos pregadores só resta pregar a Cristo como salvação única para os pecadores. Nada mais do que o simples Evangelho de Nosso Senhor. Deus pode realizar Seus sinais através das nossas vidas, entretanto, não demos ênfase a isto, pois só estaríamos atraindo seguidores de sinais e não de Cristo.

Aos que receberam algum milagre das mãos de Jesus, que entendam de uma vez por todas que isto é apenas um dos vários meios que Ele tem para nos aproximar dEle. Não pare no sinal. Siga para Cristo. Ele é o alvo.

Dia tes písteos.

Pr. Cleilson

Um comentário: