Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

INTERCESSÃO


"Mudou o SENHOR a sorte de Jó, quando este orava pelos seus amigos; e o SENHOR deu-lhe o dobro de tudo o que antes possuíra." (Jó 42:10 ARA)


Não gosto de fazer doutrina em cima de um versículo sozinho, mas esse em particular tem me ensinado algo relevante. Depois de tudo pelo que Jó passou, depois de todo sofrimento e privação, ele ainda encontrou forças para orar pelos seus amigos, deu-se a interceder por eles. Nesse momento mudou o Senhor a sua vida.

Esse versículo não ensina necessariamente que toda vez que orarmos por outros seremos alcançados pelo favor de Deus, mas abre um precedente interessante - isso pode acontecer. Jó é um exemplo para mim, principalmente em dias de dificuldade e enfermidade. 

Quer isso seja uma regra ou não, há algo que devemos aprender com Jó. Jamais, nunca mesmo, estaremos tão mal que não possamos orar pelos que nos rodeiam. Nunca estive tão mal quanto Jó, mas eu já perdi o ânimo para orar pelos outros e foquei em mim mesmo. Foi um erro, percebo isso. Se foi possível para Jó tem de ser possível para mim também. Independentemente de sermos intercessores fervorosos ou apenas moderados, temos de manter nossa vida de oração e nela incluir continuamente nossos irmãos, amigos, familiares, pastores, líderes, enfim os que nos rodeiam.

Jó foi alcançado enquanto se dedicava aos demais, o que não era obrigação sua. Jesus Cristo foi para cruz por nós, o que não era obrigação sua (o pecado era meu). E eu, o que tenho feito além daquilo que é apenas minha obrigação e meu dever? O que tenho empenhado para alcançar misericórdia para outros e não apenas para mim? Até quando deixarei de ser abençoado por ficar justamente buscando benção para mim mesmo?
É tempo de mudar o discurso e de se importar com os outros. Talvez, e somente talvez, isso faça mudar minha sorte como mudou a de Jó.

"Pai, fortalece-me para que eu me importe mais com os outros do que comigo mesmo, a bem de Te servir e Te agradar. Se em meio a isso aprouver ao Senhor me agraciar, aleluia. Se não, aleluia."

Grato

César

(Devocional recebido por e-mail)

2 comentários:

  1. parabens pelo estudo e a nosso obrigaçaõ de orar e dever de todos cristaõ se nos fosse que nem jó só pouquinho porque jó foi taõ fiel a deus ate momento das luta naõ murmurou fez agradecer e nós eu olho para as provas de jó me sinto envergonhado que naó chego nem o começo das prova de jó poriso nos tem que orar da graça a jesus que ele morreu na cruz do calvario quem meresia era nós norrer ele pagou nossa dividas porque nos quer voltar as coisa das velha criatura jesus pagou tudo pense niso???????????????????????????????/

    ResponderExcluir
  2. Amado Cesar, esse texto é um resgate de um dos maiores valores da oração e tem diversos respaldos bíblicos. Por exemplo, Paulo escrevendo aos irmãos de Éfeso ensinou aos discípulos que no DIA MAU deveriam estar de posse da armadura de Deus (a sua Palavra) e "vigiando nisso, PERSEVERANDO NA ORAÇÃO por todos os santos" - Ef 6.18. Obrigado pela partilha de sua experiência e conhecimento.

    Forte abraço!

    Pr. Wellington Miguel
    Esmeraldas/MG

    ResponderExcluir