Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Proximidade: A essência e a legitimidade da vida cristã


“Contra você, porém, tenho isto: você abandonou o seu primeiro amor” – Ap 2.4 

Questiona-se muito em nossos tempos acerca do genuíno cristão, sobre sua legitimidade, sua procedência, enfim, um testemunho que silencie “os que falam maldosamente contra o nosso bom procedimento, porque estamos em Cristo, e assim, fiquem envergonhados de suas calúnias – I Pe 3.16 (NVI).

No livro de Apocalipse 2.1-5 lê-se algo que impressiona. No primeiro momento, o Senhor reconhece valores que estão presente na vida da igreja de Éfeso: tem obra, trabalho árduo, perseverança, rejeita os falsos mestres, suporta sofrimento e não desfalece. Após esses reconhecimentos, diante de tanta qualidade, o Senhor diz: “Contra você, porém, tenho isto...”. Sempre ao ler esse texto ficava indagando comigo: Do quê o Senhor está “reclamando”? Fiquei imaginando alguns casos de família, em que há maridos que são ótimos provedores, nada falta em sua casa. São trabalhadores, cercam as famílias de benefícios. No entanto, as esposas continuam insatisfeitas. Por outro lado, há mulheres que são excelentes donas de casa, preparam as refeições com um tempero ímpar, mantém as roupas passadas. Porém, os maridos estão descontentes. Se questionarmos esses cônjuges acerca de suas insatisfações eles dirão: “Contra ele (a), porém, tenho isto: ele(a) abandonou o primeiro amor”.

Era a única coisa que o Senhor tinha contra aquela Igreja, apesar de todo o seu desdobramento na obra. Mas o Senhor tinha algo contra ela. Todo o seu empenho no Reino não O deixara plenamente satisfeito. Sua excessiva ocupação havia descentralizado a igreja da essência da vida cristã: andar em amor, o primeiro amor.

O nosso Senhor Jesus é um Deus afetivo, de proximidade e intimidade. Ele não abre mão do cultivo da proximidade, da afetividade e da intimidade. No clima da pós-modernidade, a Igreja amoldou-se a alguns princípios de seu tempo. Dentre muitos, está presente o pragmatismo e o ativismo. E, nesse clima onde tudo tem que ser prático e de agenda cheia, dinamizado e diversificado, torna-se inadequado falar, muito menos cultivar afetividade, proximidade, pois isso requer tempo e tempo de qualidade. Vale mencionar as palavras do Rev. John Stott em seu livro “Discípulo radical” sobre o cenário da Igreja cristã: “crescimento sem profundidade”.

Por que descrevo tudo isso? Pelo que mencionei no início desse texto. O genuíno cristão não se cultiva a partir de sua operacionalidade na Igreja, mas a partir da proximidade, da afetividade, do quanto ele se dedica em comunhão com Jesus. A operacionalidade na igreja tem seu valor e é indispensável, porém, o Senhor está com os Seus olhos sobre os justos e os Seus ouvidos atentos à sua oração. Como Ele nos espera! Além do mais, todo o seu esforço no Gólgota era rasgar o véu, para que, ousadamente, possamos nos achegar a Ele e ali, em Sua presença, nos encher do Seu amor.

O Senhor não abre mão da nossa presença em Sua presença. Ele diz: “eu o chamei pelo nome; você é meu” – Is 43.1. Desculpe-me pela expressão amados leitores, mas o Senhor Jesus é fascinante. Certo dia, Ele disse: “Voltarei para vós e os levarei para mim, para que vocês estejam onde eu estiver” – Jo 14.3

Então, trabalhe arduamente para o Senhor, entretanto, antes de tudo recomendo que se façam orações, cultive longos momentos com Ele, conheça-o para que também você possa se conhecer, se transformar e ser achado nEle. Dessa forma seremos legítimos, genuínos. Nosso legado será autêntico, pois estaremos nEle e Ele em nós com plenitude, graça e amor.

Soli Deo Gloria

Pr. Wellington Miguel

Pr. Wellington Miguel é pastor
na IMVC da cidade de Esmeraldas/MG
e pós-graduado em Teologia na área
de Aconselhamento

14 comentários:

  1. Alegro-me ao receber do amado Pastor seus artigos para enriquecer este espaço. São escritos com domínio completo de quem sabe o que está falando e nos obriga a não só a raciocinar acerca das linhas compiladas, mas além disso, as palavras tornam-se em cenas vivas em nossa mente, nossos olhos são obrigados a ceder sua visão para o entendimento e passamos a enxergar o sentido, não apenas entender.

    Obrigado, Pr. pela sua contribuição a este blog. Que Deus continue usando sua vida para este mister.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom mesmo. Estou perplexo com tamanha visão.

    Ramsés

    ResponderExcluir
  3. Consegui... Consegui postar minha primeira msg no blog. Glória a Deus!!!!

    Ramsés.

    ResponderExcluir
  4. parabéns pelo belíssimo estudo cada dia vejo mestre de ensinar a palavra deus porque este blog esta me ensinado muitas coisas me sinto cada dia repleto de tando pessoa sabia este blog esta abrindo cada dia a minha mente para as coisas celestial estudo bem colocado para edificar a minha vida me sinto que uma dia possa chegar pelo meno ter o conhecimento das escritura e endender mais e mais da palavra de deus

    ResponderExcluir
  5. Ahahah... E aí Sé? Conseguiu postar sua primeira msg? Ahahah... Que legal! Há quanto tempo né, mano? Agora q vc conseguiu, que tal continuar aparecendo por aqui?

    Beijão pra você, mano do meu coração!

    ResponderExcluir
  6. Pois é isso mesmo, irmão Sandro. É cada mestre que aparece por aqui...

    Que o Senhor continue te abençoando, pois vc tem sido um vaso de muito valor na igreja.

    Abração!

    ResponderExcluir
  7. Olá Pr Cleilson, fico muito intrigado com um texto muito bem escrito como este. É um ótimo exercício para a nossa mente, refletir em nossa communhão com o Senhor! Sei que já tenho sua permissão, mas me sinto obrigado a solicitar novamente, sua permissão, para divulgar no site WWW.IEADVIL.COM - estará disponível já amanhã... afinal, bons textos devem ser lidos por um maior numero de pessoas! Aos demais leitores, reflitam no texto e exercitem estes ensinamentos em suas vidas.

    Acesse: www.cwmrainho.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Como sempre, amado Wéllykem, tem toda liberdade para transcrever o texto para outros meios. Sei que cada autor, apesar de ter sua mente iluminada de um modo todo peculiar, gostará também de que suas meditações sejam passadas adiante, pois o propósito é sempre a edificação.

    Grande abraço.

    ResponderExcluir
  9. Que Deus abençoe a sua vida Pr. Wellington. Minha vida foi abençoada pelas vossas palavras e creio que mais pessoas também serão.

    ResponderExcluir
  10. Agradeço aos amados por terem lido e comentado este texto. Meus textos nascem da parte da pessoa do Espírito Santo e do meu aprendizado como discípulo do Senhor nessa breve peregrinação. Alegro-me pelo fato de contribuir para a edificação do corpo de Cristo, para o que tenho sido chamado.

    Forte abraço a comunidade Teolatria

    Pr. Wellington Mimguel

    ResponderExcluir
  11. Amado Wéllykem, sinto honrado pela sua iniciativa. Esses textos estão a disposição do Reino para o renome do Senhor e de sua glória.

    Forte abraço!

    Pr. Wellington Miguel

    ResponderExcluir
  12. Esse artigo serve de alerta para todos nós que labutamos na seara e na vinha do Senhor.Resumo esse artigo com essa frase:"Vida com Deus precede o trabalho para Deus"(Rev.Hernandes Dias Lopes.)

    ResponderExcluir
  13. Isso é uma ótima perspectiva, irmão Wesley. Você tem usado sempre nomes de peso para corroborar suas ideias! Deus te abençoe.

    ResponderExcluir
  14. Prezado Pr. Welligton, tudo bem!!!

    Muito edificante esta mensagem, Devemos sempre voltar ao nosso primeiro amor... Deus é maravilhoso, e sempre está de braços abertos para nos acolher.

    Deus o abençõe.
    Abraços.

    Gleicimara.

    ResponderExcluir