Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

AMARGOR CONTAGIANTE


“atentando, diligentemente, por que ninguém seja faltoso, separando-se da graça de Deus; nem haja alguma raiz de amargura que, brotando, vos perturbe, e, por meio dela, muitos sejam contaminados.” Hebreus 12:15.
Por: Pr. João Rodrigues
Não se pode ignorar aquilo que é lei. Quer você creia ou não na lei da gravidade, por exemplo, cairá para baixo da mesma forma. Assim são as verdades espirituais. Este texto diz claramente que a raiz de amargura, brotando, contamina a muitos.
É inocente (ou ignorante) quem acha que seu amargor é um problema exclusivamente seu, pois a única pessoa que não percebe o quanto o amargor é amargo é o amargurado. Todos ao seu redor percebem e sentem o fel esta sendo destilado. Muitos, quando não todos, são contagiados. A amargura tem raízes profundas que vão até a alma e o herbicida que mata essa erva daninha se chama perdão. Sem perdoar, ser humano algum conseguirá viver neste mundo sem ser amargo. Aprender a perdoar é um exercício pesado, reconheço.
Quando a amargura se torna perceptível, já é tarde demais e já contaminou alguém. Eu costumo pensar nas coisas da forma mais simples e prática possível. Eu considero amargura qualquer um dos sentimentos abaixo, e acumular é sinal de enraizamento:
Não poder ficar por perto;
Só perceber aspectos negativos;
Não conseguir compartilhar nada;
Ser incapaz de orar junto;
Não ter vontade de abençoar;
Achar que tem razão e a pessoa não merece.
Com este tipo de sentimento, a bênção de Deus escasseia com certeza. É preciso pedir e liberar perdão, deixar de lado o que causou a mágoa e seguir em frente. Não é nem fácil nem simples e pode envolver situações extremamente dolorosas e desagradáveis. Mas eu já ajudei algumas pessoas com câncer e posso dizer com certeza: atitude conta muito. Tudo que é difícil precisa ser vencido com atitude firme e positiva.
Encaremos as nossas mágoas e deixemos de amargurar os que estão ao nosso redor.
“Senhor, eu não quero ser prejudicial a ninguém, por isso peço tua ajuda e teu poder sobre mim para vencer as mágoas. Fortalece-me para aprender a perdoar e ser livre.”
Pr. João Rodrigues é pastor da Assembleia de Deus de Mongaguá 
Dia tes písteos.
Pr. Cleilson

Nenhum comentário:

Postar um comentário