Teolatria

No Teolatria você encontra diversos estudos bíblicos em slides (power point) para baixar, além de muitas pregações, sermões expositivos, textuais, temáticos em mp3, dos pregadores da IMVC - Vilhena/RO: Pr. Cleilson, Pb. João, Pb. Alex, Pb. Wesllen Ferreira, Dc. George Michael, irmã Clair Ivete e pregadores convidados. Para ouvir os sermões em alta qualidade, peça seu cd por e-mail especificando seus dados para recebimento e qual mensagem você deseja adquirir: prcleilson@hotmail.com

quarta-feira, 18 de julho de 2012

A QUASE CONVERSÃO DE PEDRO (LC 5.1-11)


Converter quer dizer volver-se, voltar atrás, fazer o retorno. Na vida cristã, converter quer dizer virar as costas para o pecado e voltar-se de frente para Deus que chama. O processo desta volta envolve algumas atitudes.

A primeira é ouvir a voz. Ninguém se vira para o que não está ouvindo. Já que nascemos inclinados para o pecado, não há como nos voltarmos para Deus se não ouvirmos Sua voz nos chamando.

A segunda atitude é atender ao chamado. É obedecer ao que esta voz está nos ordenando. Mas para que isso aconteça, é preciso haver um reconhecimento da nossa parte de que estamos caminhando para o lado errado. Se não concordamos com o chamado de Deus, então é impossível que nos voltemos para Ele e assim nos convertamos.

O passo seguinte é então andarmos para o encontro do que nos chamou. Assim, já estaremos na direção oposta do caminho anterior. Antes estávamos de costas para Deus e de frente para o pecado e, consequentemente para a condenação. Agora, convertidos, estamos de costas para o pecado e de frente para Deus que nos chamou e, consequentemente para a salvação.

Pedro ouviu a voz de Cristo, que lhe disse para lançar as redes (v. 4). Apesar de ter respondido em um tom meio desanimado, Pedro resolveu obedecer (v. 5). Ele chama Jesus de "Mestre", mas no sentido de "chefe" - a palavra aqui não é "rabi" e sim "epistata". Pedro diz que lançará as redes sobre a "palavra" (gr. rhema e não logos) de Jesus. Rhema é a expressão concreta de Logos. "Lançarei as redes porque o Senhor mandou".

Pedro ouviu a voz do Mestre, atendeu à Sua voz e agora, tendo visto o grande milagre, prostra-se aos pés de Jesus, reconhecendo-O como "Senhor", não mais como "chefe" (v. 8)... Aqui ele reconhece Jesus como Senhor e ele mesmo como pecador. Porém, na sua quase conversão, Pedro diz algo estranho: "Afasta-Te a partir de mim, porque homem pecador sou, Senhor"! (lit. no grego). Não poderia ter ele dito: "Pecador sou, Senhor, mas me purifica"? Não é exatamente isso que Lucas quer dizer quando relata a cura do leproso logo após esse episódio (vv. 12-16)? Sim, o leproso pediu que Jesus lhe purificasse, ele que deveria se afastar de Jesus (vv.12,13), mas Pedro, reconhecendo a lepra espiritual, sua condição adâmica da alma, ao invés de pedir como aquele leproso e assim ser purificado de sua enfermidade espiritual, pediu que o Senhor Se apartasse dele... grande oportunidade de se converter jogada fora! Ainda que ele tenha abandonado tudo e seguido o Mestre (v. 11).

Não é de nos espantarmos, portanto, quando lemos o que Jesus fala para Pedro posteriormente (Lc 22.31,32): "Simão, Simão, eis que Satanás vos reclamou para vos peneirar como trigo. Eu, porém, roguei por ti, para que a tua fé não desfaleça; tu, pois, quando te converteres, fortalece os teus irmãos" (grifo meu). Que pena! Ele teve a oportunidade de se converter no seu primeiro encontro com Jesus, no entanto, pediu-Lhe que Se afastasse dele...

Não discrimino Pedro, pelo contrário, ele é até digno de elogio, uma vez que seu pecado o levou à reação natural de repelência àquilo que é santo! Quem dera todos nós tivéssemos tal sinceridade! Infelizmente há muitos piores que Pedro, pois nem reconhecem a santidade de Cristo e nem se afastam do pecado, querem permanecer próximos de Cristo, pensando que pecaminosidade e santidade podem conviver em harmonia... doce engano! Seríamos mais honrados se reconhecêssemos a santidade de Jesus à vista da nossa depravação total.

Mas, ao invés de pedirmos para que o Senhor Se afaste de nós, devemos pedir que Ele nos aproxime de Si, porque a promessa é justamente a de aproximar aqueles que estavam longe, já que pela conversão tiveram seus pecados perdoados!

"Mas agora em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, já pelo sangue de Cristo chegastes perto. E, vindo, Ele evangelizou a paz, a vós que estáveis longe, e aos que estavam perto; assim que já não sois estrangeiros, nem forasteiros, mas concidadãos dos santos, e da família de Deus" (Ef 2.13,17,19).

Pedro converteu-se posteriormente, no seu encontro com o Cristo ressuscitado (Jo 21). Escreveu na sua carta: "Chegando-vos para Ele, a Pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa" (1Pe 2.4 - grifo meu). O homem que havia pedido a Jesus para Se apartar dele, agora nos admoesta a nos achegarmos para Cristo, a Pedra Viva!

Dia tes písteos.

Pr. Cleilson

3 comentários:

  1. Pastor, mas quando acontece a verdadeira conversão de Pedro? Quando ele reconheceu que Jesus estava falando sério? Quando que a arrogância de um homem acostumado a enfrentar o mar bravio foi ferida? Vejo isso na necessidade de ouvir A PALAVRA de Deus com mais atenção RAZÃO do que atenção EMOÇÃO. Falamos com coragem de enfrentar uma morte física, mas quando ela chega, não queremos ser mortos. O ser humano não nasceu para a morte, nasceu para viver, e esse viver e construído no nosso dia a dia e passa pelo processo das nossas escolhas. A santidade é uma escolha? Deut. 30,15. Muitos pentecostais bradam dizendo que pisa na cabeça do diabo, (palavra EMOÇÃO), MAS NÃO VEEM o diabo roubando seus filhos, não na expovil, mas no cuidado que falta a eles em casa. Acho que Pedro se converteu, não quando Jesus o avisou, mas Quando o GALO CANTOU, 3 VEZES. Jo. 13;36.
    Pastor, esse assunto é muito legal. PRECISO que você me instrua biblicamente, sobre o meu raciocínio, pois dá a impressão que todos os apóstolos modificaram suas vidas, depois da morte de jesus. Veja, o João que queria botar fogo nos samaritanos, depois de um tempo disse, SE VOCê DIZ QUE AMA A DEUS E ABORRECE O SEU IRMÃO, É MENTIROSO. 1 Jo. 4;20

    VALEU PASTOR
    GRATO PELA AULA
    ME RESPONDA, QUERO SABER SE ESTOU CERTO
    UM ABRAÇO
    A PAZ

    ResponderExcluir
  2. Graça e Paz!

    Sinceridade ou sincero, uma palavra que está bem em falta no meio cristão. Os "cristãos" usam suas "ceras ou máscaras" para ocultar seus pecados e assim vivem e convivem no meio cristão como um discipulo de Cristo (vasos de horna, ou seja, sem cera, sem mascara). Sejamos verdadeiros e prossigamos para alvo.

    Phobeumenos Thon Theon,

    ResponderExcluir
  3. É verdade, querido Aislan. Lembro-me do significado da palavra "sincero", que é "sem cera", sem máscara... precisamos ser verdadeiros nisso.

    Amado irmão e amigo Nill. Que honra tê-lo aqui no nosso espaço. Tem razão. Os apóstolos parecem ter se convertido mesmo após a morte e, digamos, após a ressurreição do Mestre! Entretanto, mesmo depois da ressurreição, é Jesus quem procura Pedro (Mc 16.7 - Jesus manda um recado exclusivo para ele). Como sempre, Deus é quem procura o homem, pois este anda sempre se afastando do Senhor.

    Gostei mesmo de suas observações transversais...

    Abraços.

    ResponderExcluir